Case - Passeio Ciclístico da Primavera

Passeio Ciclístico da Primavera: J.Cocco assina o primeiro case de marketing esportivo
brasileiro
 
Com uma participação média de 200 mil pessoas, o Passeio Ciclístico da Primavera foi o primeiro case de marketing esportivo a desfraldar, já nos anos 1970, a bandeira da qualidade de vida e, ainda hoje, é benchmark para outras agências e modalidades esportivas. O resultado dessa ação foi a transformação da
bicicleta em instrumento de lazer e confraternização.
 
O jornal Meio e Mensagem, de 5 de julho de 2004, publicou uma cronologia do marketing esportivo no Brasil em que o Passeio Ciclístico da Primavera, criado por José Cocco e patrocinado pela Caloi, figura como um dos eventos pioneiros.
 
Para aumentar as vendas de bicicletas num mercado em que a concorrente Monark detinha 80% de participação, a Caloi passou a patrocinar, em 1975, competições de ciclismo no país e eventos como os Passeios Ciclísticos da Primavera, um dos maiores sucessos em eventos esportivos de lazer como comprovam as manchetes dos principais jornais da época,
que destacam a participação de mais de 200 mil ciclistas por passeio, em São Paulo.
 
Para se ter uma ideia da grandiosidade do evento, em determinado ano, quando o carro do corpo de bombeiros,
acompanhado de um veículo com uma banda, após percorrer 16 quilômetros, saindo do obelisco, no Parque Ibirapuera, passando pela avenida Ibirapuera, avenida Bandeirantes, Marginal Pinheiros, avenida Rebouças, avenida Brasil e de volta ao Parque Ibirapuera, ainda tinha gente iniciando o passeio. E a garotada que estava na frente do passeio emendava no
final para dar mais uma volta. Foi criado um anel com 16 quilômetros de ciclistas. Todos os passeios terminavam num
grande show musical dentro do parque.
 
Kit Passeio Ciclístico da Primavera
 
Esse passeio anual gerava milhares de passeios por todo o Brasil. Para atender a toda essa demanda, a agência
Novociclo, liderada por José Cocco, criou e produziu um kit passeio ciclístico, com todo o material necessário para a
realização do evento, desde uma cartilha até material promocional, organizacional e de premiação. Com esses kits,
realizou-se uma média de 400 passeios anuais no Brasil inteiro, durante cerca de cinco anos.
 
Devido ao sucesso de público, de vendas e de utilização da bicicleta, além dos passeios, eram promovidas campanhas de assistência técnica gratuita nas quinzenas que antecediam os eventos e os revendedores Caloi promoviam vendas
especiais, o Passeio Ciclístico da Primavera foi exportado para, praticamente, todas as capitais da América do Sul.
 
Carimbo comemorativo dos Correios
 
A matéria publicada na Folha de S. Paulo, de 23 de setembro de 1978, mostra bem a importância desses passeios: "o
quarto Passeio Ciclístico da Primavera, que será realizado amanhã, com saída marcada para as 9 horas, em frente ao
Obelisco do Parque Ibirapuera, receberá um carimbo comemorativo da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos. A ECT lançará o carimbo durante a largada e envelopes especiais serão carimbados e distribuídos aos presentes, numa
agência postal provisória montada no local. No final do percurso, o prefeito Olavo Setúbal entregará troféus ao grupo mais numeroso, ao melhor uniformizado, à bicicleta mais original, ao ciclista mais idoso e ao colégio melhor
apresentado." No dia 25 de setembro, a Folha de S. Paulo publicou uma matéria sobre o passeio com o título: "Passeio
Ciclístico leva 200 mil ao Ibirapuera".